Portuguese Dutch English French German Italian Russian Spanish

História

Em 1419, mais precisamente a 1 de julho, João Gonçalves Zarco e Tritão Vaz Teixeira ancoraram na Ilha da Madeira, na zona de Machico. Quando Chegaram à Ilha da Madeira começaram a explorar o sul. No primeiro dia de exploração chegaram a esta terra que titularam de Câmara de Lobos devido à enorme quantidade de Lobos-Marinhos existentes na costa sul. Com esta descoberta, o processo de regressão destes seres começou. Os Lobos-Marinhos eram eliminados, quer acidentalmente, quer pelo uso acidental de meios de pesca, como redes de emalhar e explosivos.


Mais tarde, em 1430, Câmara de Lobos eleva-se a freguesia sendo a sede da paróquia localizada na Capela do Espírito Santo, fundada por João Gonçalves Zarco, que mais tarde foi transferida para a Igreja de S. Sebastião.


Durante muitos anos, apesar de se chamar vila à parte central desta freguesia, nunca foi encontrado nenhum documento que o comprove. Mais tarde, a apovação do Decreto 1º, do nº 3 do Código Administrativo, aprovado pelo Decreto Lei nº 31095, de 31 de Dezembro de 1940, o facto de Câmara de Lobos ter uma sede de concelho dá-lhe automaticamente a categoria de Freguesia. Em 1835 é criado o Concelho de Câmara de Lobos e a 2 de agosto de 1996 este concelho eleva-se a Cidade.


Actualmente, a freguesia de Câmara de Lobos tem 7,62 km2 de área e possui cerca de 18.000 habitantes. As actividades principais desta terra são: a agricultura, a indústria de refrigerantes, a pesca, o comércio e os serviços.

Notícias